Irineu Wutke presta contas para os moradores da região do Córrego Paraíso, interior do município

Os encontros estão sendo realizados com o objetivo de levar às comunidades as informações sobre os investimentos e gastos do Executivo Municipal

O encontro foi realizado na EMPEF "Waschington Dondoni"

O encontro foi realizado na EMPEF “Waschington Dondoni”

A Prefeitura de Vila Pavão, em parceria com a Câmara Municipal, realizou na noite de ontem (quinta-feira, 17), audiência pública para prestação de contas dos últimos sete meses da Administração para os moradores das comunidades dos Córregos: São Francisco de Assis /Quati/ Carneiro / Paraíso e Rapadura, na zona rural do município.

O encontro, realizado na EMPEF “Waschington Dondoni”, contou com a presença de cerca de 40 moradores das localidades, entre, agricultores e agricultoras, lideres de associações, professores, alunos e outros.

Esses encontros estão sendo realizados periodicamente com o objetivo de levar às comunidades as informações sobre os investimentos e gastos do Executivo Municipal, além de servir de base para nortear a elaboração do Orçamento Municipal de 2018.

O relatório orçamentário e financeiro da Prefeitura Municipal foi apresentado pelo secretário de Finanças e Orçamento Valdecir Berger.

O prefeito Irineu Wutke iniciou sua fala dizendo que estava ali, principalmente para ouvir as demandas dos moradores. “Como foi colocado aqui pelo secretário de Finanças, a previsão para o futuro não é muito boa, mas nós não vamos desanimar. Vamos procurar do pouco fazer muito. Sabemos que não podemos atender todas as demandas dessa comunidade, mas, faremos o possível para atender as principais prioridades”, disse o prefeito.

O vice-prefeito José Wilson Vieira, o secretario de Agricultura José Henrique Martins, o secretário de Obras Ancelmo Labarewisk, o presidente da Câmara Municipal João Trancoso e o vereador Gecimar Rodrigues participaram das discussões com colocações importantes que ajudaram a enriquecer o debate.

Melhoria no abastecimento de água e cerca para escola da comunidade; telefonia e internet; melhoria na saúde e serviço de hora máquina para os agricultores foram os principais assuntos discutidos.