Risco de transbordamento do Rio Doce deixa cidades capixabas em alerta

Boletim divulgado pelo Serviço Geológico Nacional coloca Baixo Guandu, Colatina e Linhares

Nível do Rio Doce está sendo observado com atenção em Colatina. Foto: Divulgação

Nível do Rio Doce está sendo observado com atenção em Colatina. Foto: Divulgação

 

Um boletim divulgado pelo Serviço Geológico Nacional apontou três cidades do Espírito Santo sob estado de atenção, diante do risco de transbordamento do Rio Doce. O nível do rio está em alta, depois das fortes chuvas que caíram em Minas Gerais, onde está a nascente. O estado de atenção vale para as cidades de Baixo Guandu e Colatina, no Noroeste capixaba, e Linhares, na região Norte.

De acordo com medição às 7 horas desta quinta-feira (08), o nível do Rio Doce em Baixo Guandu registra 486 cm, quando o risco de inundação é a partir de 450 cm. Entretanto, segundo o boletim, a tendência é que o nível suba, mas se mantenha estável nas próximas horas.

A situação mais crítica, segundo o Serviço Nacional, é em Colatina, onde o rio já registra 578 cm (o alerta é a partir de 570 cm), mas com tendência de atingir a cota de inundação nas próximas cinco horas.

Já em Linhares, o nível está alto (395 cm, quando o alerta é a partir de 330 cm), mas deve permanecer estável nas próximas horas.

O alerta para as cidades capixabas vale até a meia noite desta sexta-feira (09).

Informações: Tribuna Online