Vila Pavão investe em capacitação para ampliar produção de mel

O treinamento com 24 horas de aulas começou na terça-feira (07), prossegue até a próxima quinta-feira (09), no auditório do Pronaf no horário das 08h às 17h

Capacitação está sendo realizada no auditório da secretaria de Agricultura

Capacitação está sendo realizada no auditório da secretaria de Agricultura

Com o objetivo de capacitar, incentivar e agregar renda às famílias de agricultores familiares, a Prefeitura de Vila Pavão, por meio da secretaria de Agricultura e Meio Ambiente está oferendo para um grupo de produtores rurais do município,  curso de capacitação em apicultura.

A criação de abelhas e a comercialização de seus produtos (mel, cera e geleia real), tem se tornado uma fonte de renda lucrativa devido às inúmeras aplicações que podem ser feitas com o mel.  Além disso, a atividade apresenta baixo investimento de implantação, custo e rápido retorno financeiro.

O treinamento com 24 horas de aulas começou na terça-feira (07), prossegue até a próxima quinta-feira (09), no auditório do Pronaf no horário das 08h às 17h. De acordo com o instrutor do SENAR-ES, o apicultor e biólogo João Maurício da Escossia Martins, o curso vai influenciar diretamente na qualidade e quantidade de mel produzindo no município.

“O mel, reconhecidamente um alimento nutritivo e com propriedades curativas,  vem registrando crescimento expressivo de consumo. Nesse contexto,  temos que aproveitar esse bom momento que a atividade atravessa, mesmo porque , a apicultura tornou-se importante para a diversificação da atividade econômica da região que sofre com a estiagem. Nesta capacitação vamos passar para os produtores conhecimentos sobre a anatomia, fisiologia e outros  aspectos da abelha que deseja criar;  os produtos que elas podem oferecer, não somente o mel mas, o própolis, geleia real,  ressaltando que a principal função da abelha na natureza não é produzir mel, mas sim fazer a polinização das plantas, assunto pouco abordado quando se fala de abelhas”, explicou o instrutor.

Segundo o técnico agrícola da secretaria municipal de Agricultura do município,  Welber Alberti, em Vila Pavão não existe pessoas que vivem exclusivamente da produção de mel. A atividade sempre foi praticada pelos agricultores familiares de forma rudimentar e desorganizada.  “O nosso objeto  é organizar um grupo de produtores de mel no município e ampliar a atividade,  oferecendo suporte necessário para que a apicultura seja de fato uma alternativa de agregação de renda para os agricultores do município”, afirmou.

O curso é destinado aos agricultores que já têm um pouco de experiência no manejo de abelhas. É composto de uma parte teórica e outra parte prática, onde os produtores irão aprender técnicas de cuidados com o manejo de abelhas; a montar as caixas de abelhas;  colocar arames;  cera violada e a captura das abelhas na natureza.

O secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente José Henrique Martins salienta que a Administração Municipal está  empenhada em oferecer capacitação em várias atividades no meio rural. Este ano já foi ofertado aos produtores,  curso de tratorista, piscicultura, apicultura (em andamento).  Até o fim do ano deverá ser ofertado mais um curso de operador de máquinas. O critério para a escolha dos participantes passa pelas associações de produtores que indica os participantes de acordo com as necessidades da região. Para o ano de 2018 está previsto a realização de 12 cursos de capacitação voltados à agricultura familiar.

A capacitação foi viabilizada aos agricultores através da parceria  SENAR/ES – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, Prefeitura de Vila Pavão e Sindicato Rural de Nova Venécia.

Clique aqui e curta nossa página no Facebook.